Vimo-nos forados a recorrer a outras alternatives :: zerozero.pt

Depois de ter sido popularado pela Liga Portugal que o Estrela da Amadora go jogar no Municipal de Leiria in 2022/23 (140 km from Reboleira), or clube que terminou na 14ª posição da II Liga in 2021/22 revelou as razões que levaram a esse desfecho and alegou “razões estranhas”.

“Existindo a necessidade de uma previa aprovação de um estádio junto da Liga Portugal para a realização dos jogos devidamente licenciado ate ao dia de hoje, vimo-nos force a recorrer a outras alternatives”, explicam os amadorenses, salientando que “por razões estranhas” leave the clube ‘não foi possível efetuar o licenciamento atempado do Estádio José Gomes’.

“Em tempo útil, a Administração da Estrela SAD and do Estrela Clube, fizeram chegar ao process um urgent requertion urging a Juiz do process de insolvency, permisse a permanência and continuidade do arregno ate a conclusão da venda que poderá ser efetuada ou não no dia 30 de junho, tal não foi possível pela ausência de protocolo com a insolvent mass and alvará camarário ”, pode ler-se ainda na oficial note.

Leia or comunicado na integra:

“Na sequência das informações disclosures hoje pela Liga Portugal, to Administração do CF Estrela SAD informs:

1. O Estádio José Gomes faith, is and will always be at casa do Estrela da Amadora and all os seus adepts and simpatizantes.

2. Contudo, existindo a necessidade de uma previa aprovação de um estádio junto da Liga Portugal para a realização dos jogos devidamente licenciado ate ao dia de hoje, vimo-nos forced a recorrer to outras alternatives.

3. Por razões estranhas a nossa boastsde, ao do interest do Estrela da Amadora, de todos os adeptos and da própria cidade da Amadora, ate a data de hoje, não nos foi possível efetuar o licenciamento atempado do Estádio José Gomes.

4. Em tempo útil, a Administração da Estrela SAD e do Estrela Clube, fizeram chegar ao process um urgent requertion urging a Juiz do process de insolvência, permitisse a permanência and continuidade do arregno ate a conclusão da venda que poderá ser efetuada ou não no dia 30 de junho, tal não foi possível pela ausência de protocolo com to insolvent mass and alvará Camarário.

5. Na sequência deste requertion, a sra. Dr. Juiz, deu conhecimento do mesmo a todos os credores, estipulando um prazo de 10 dias para querendo se pronunciarem sobre or pedido por nós realizado.

6. Sendo que, até a present date só um requertion subscrito pelos Advogados, João Nogueira da Rocha (Advogado do Sindicato de Jogadores) and Bruno Silva Alves who represents alguns ex. jogadores, se pronunciou contra, sem que, no entanto, justificasse o porquê do seu voto contra, when sabemos que alguns desses presentados não tiveram sequer conhecimento do nosso requertion and muito menos deram o seu aval na posição de recusa tomada junto do process.

Vote against: Adul Baldé, Afonso Fernandes, Alexandre Paulo De Sousa Amaral, André Gonçalves Marques, Ani Jeremiah, Anselmo Goncalves Cardoso, António Augusto Da Silva Veloso, Bruno Mauro Nunes Da Silva, Bruno Miguel Sardinha Dos Santos, Carlos Manuel Dias Saavedra, Daniel Kabir Mustafá, Éder Firmino Lima, Filipe José Lima Mendes, Giancarlo Da Silva Moro, Gonzalo Garavano, Hamilton Souza Júnior, Helder José Vaz Cabral, Hugo André Viriato Santos Gomes, Hugo Eduardo Dos Santos Morais, Hugo Filipe Ferreira Dos Santos, Hugo Miguel Martins Carreira, Jardel Pereira De Sousa, João Maria Mateus Cristóvão, José Luís Da Cruz Vidigal, José Marcelo Fernandes Resende, José Miguel Rocha Fonte, José Valter Pascoal Onofre, Manuel José Luz Correia Curto, Marcelo Rodrigues Alves, Marco Paulo Faria De Lemos, Ndiaye Deme Ndiaye, Nelson Alexandre Gomes Pereira, Nelson Miguel Martins Pedroso, Nuno Filipe Vasconcelos Viveiros, Paulo César Da Costa Júnior, Pedro Miguel Morais Alves, Pedro Nuno Graes Simões, Ro sa Maria De Sá Goncalves Gama – Cabeça De Casal De Mauro Gama, Rui Manuel Da Costa Varela, Rui Miguel Marques Baião, Rui Pedro Viegas E Silva Gomes Duarte, Sérgio Nuno Nogueira Marquês, Silvestre Manuel Gonçalves Varela, Tiago Miguel Luís Rosa, Uedson Ney Dos Santos, Vitor Manuel Borges Moreno, Vitor Simões Vinha, Wagner José Dos Santos.

7. Como todos sabemos, or interess dos credores é receber, nesse sentido e por maioria de razão, todos os outros credores, que se pronunciaram sobre esta questão, votaram a nosso favor, pois bem sabem, que com a nossa hypotética saída do Estádio José Gomes o mesmo ficaria ao abandono, tal como o encontramos when chegamos!

8. O que diminuiria considervelmente o seu valor, além de que, se neste existing moment dinheiro na conta da massa insolvent para ratear pelos Credores, às rendas pagas por nós e pelo Bingo se has to …

Votaram preferred:

REAL SPORT CLUB, RUI ANTONIO MARTINS, FLORINDA FERREIRA ROSA MATEUS, PAULA MARGARIDA MARTIN, MÁRIO MANUEL ROSA MATEUS, RODRIGUES ALMEIDA AND ISIDORO LDA, NUNO PRETO REBELO CRISTOVÃO DE ALMEIDA, HOTEL MÁRIO MANUEL ROSA MATEUS, RODRIGUES ALMEIDA AND ISIDORO LDA, NUNO PRETO REBELO CRISTOVÃO DE ALMEIDA, HOTEL ALMEIDA, ALTIS-SOCIETY SAP DAUTO FAQUIRA, LUIS GONZAGA ATAIDE, PAULO ALEXANDRE TEODORO MACHADO, EDUARDO AFONSO FROM COSTA PITA GROS, UTILITY FROM ROCHA SILVA, SPORT LISBOA AND BENFICA, LUIS MANUEL AR BALTAZAR.

9. Apesar de todas as dificuldades que nos foram sendo criadas ao longo deste process, não damos como perdido or nosso time as requirements of transparency and honesty na luta pelo que é nosso pelo histórico direito, a nossa / vossa casa or estádio JOSÉ GOMES .

GIVE 30 ESTAREMOS! CONTAMOS COM OR VOSSO APOIO!

SOMOS BUT STRONG JUNTOS! “

Leave a Comment